Bioqui

Clasificado en Otras materias

Escrito el en español con un tamaño de 5,66 KB

 

6ª AULA: Reações de Caracterização de Carboidratos
Reações Qualitativas
1. Reação de Molish
A ação desidratante do ácido sulfúrico (H2SO4) concentrado, sobre moléculas de monossacarídeos, provoca a formação do furfural (para pentoses) e 5-hidroximetilfurfural (para
hexoses). Estes aldeídos podem condensar com a-naftol formando um produto de condensação de cor púrpura (anel). Esta reação é positiva para todos os carboidratos (mono-, oligo- ou polissacarídeo) livres ou combinados.
Portanto: Carboidrato furfural ou hidroximetilfurfural + a-naftol produto colorido
(Molish)

a) Reativos:
Ácido sulfúrico concentrado
Reativo de Molish: 5 g de a-naftol em 100 mL de etanol

b) Técnica:
Em 4 tubos de ensaio marcados A, B, C e D colocar:
Tubo A: 2 mL de solução de glicose 1% Reage- Os tubos A, B e C reagiram,
Tubo B: 2 mL de solução de sacarose 1% Reage (oligo)pois houve formação do
Tubo C: 2 mL de solução de amido 1% Reage (poli)anel de púrpura.
Tubo D: 2 mL de solução de água destilada Não Reage
A cada tubo adicionar 2 gotas de reativo de Molish e misturar bem. Inclinar o tubo de ensaio e fazer escorrer pelas paredes do tubo, lentamente, 2 mL de ácido sulfúrico concentrado. Caso a reação seja positiva, na interfase da solução haverá formação de um anel púrpura, resultante da condensação do furfural ou do hidroximetilfurfural com o a-naftol.

2) Reação de Seliwanoff
Esta reação é utilizada para diferenciar entre aldose e cetoses. As cetoses, por ação do HCl, originam um derivado furfúrico que se condensa com resorcinol produzindo um complexo de cor vermelha. Com as aldoses, somente um aquecimento prolongado, que transforma parte de glicose em frutose por epimerização, catalisada por HCl, pode simular um teste positivo. De modo geral, esta reação é positiva com as cetoses e negativa com as aldoses.

a) Reativos:
Soluções de frutose (+ cetose), sacarose (+) e glicose (- aldose) 1%
Reativo de Seliwanoff: 0,5 g de resorcinol em 100 mL de etanol
HCl 8,4 N

b) Técnica:
Em tubos de ensaios marcados A, B, C colocar:
Tubo A: 1 mL de solução de frutose 1% Vermelho em 1 min e 55 seg - Reage(cetose)
Tubo B: 1 mL de solução de sacarose 1% Laranja bem forte (vermelho) - Reage (cetose)
Tubo C: 1 mL de solução de glicose 1% Amarelo meio laranja - Não Reage (aldose demora mais para reagir).
A cada tubo adicionar 3 mL de HCl diluído e 2 mL do reativo de Seliwanoff. Aquecer em banho-maria fervente e marcar o tempo até o aparecimento de cor vermelha que indica a reação positiva.

3.Reação de Bial
Esta reação é especifica para pentoses e serve para diferenciar a pentose de hexoses. Pentoses quando aquecidas com HCl concentrado produzem furfural que se condensa com o orcinol. O produto resultante, em presença do sal férrico, adquire uma cor azul ou verde-azulada característica.

a) Reativos:
HCl concentrado, xilose 1% . solução de glicose 1%, ribose 1%, solução de amido.
Reativo de Bial: Orcinol 1,5g + HCl conc., 500 mL + Cloreto Férrico 10% 30 gotas.
b) Técnica:
Em tubos de ensaios marcados A, B, C colocar:
Tubo A: 1 mL de solução de xilose ou ribose 1% Reage - cor verde musgo
Tubo B: 1 mL de solução de glicose 1% Não Reage - cor marrom
Tubo C: 1 mL de solução de amido Não Reage - cor marrom
Adicionar 10 gotas do reativo de Bial. Misturar e aquecer em banho-maria fervente. O
aparecimento de cor verde indica reação positiva.

4.Reação com Iodo
Este teste é utilizado para a pesquisa do amido, que em solução forma um complexo azul com o iodo. Este complexo sofre dissociação com aquecimento e torna-se a formar quando a solução é resfriada.

a) Reativos:
Solução de amido 1%;
Solução de glicose 1%,
Solução de lugol (Iodo)

b) Técnica:
Tubo A: 1 mL de solução de glicose 1% + uma gota de lugol
Tubo B: 1 mL de solução de amido + uma gota de lugol
Observar o aparecimento de cor azul. Aquecer em banho-maria fervente. Observar. Resfriar o
tubo em água corrente. Observar.

Água quente - transparente
Água fria - voltou ao normal