Materia

Enviado por Anónimo y clasificado en Otras materias

Escrito el en español con un tamaño de 2,14 KB

 

Tecido de granulação: formação de novos e pequenos vasos sanguíneos e proliferação de fibroblastos.
Granuloma piogenico: resposta tecidual exuberante a uma irritação local ou trauma. Tratamento: excisão cirúrgica conservadora mais remoção da causa.

Quelóide: cicatrização patológica, ocorre pelo acumulo excessivo de colágeno.

Neoplasias benignas: não causam grandes problemas a seus portadores, tem grande interesse pratico por sua frequência e pelas consequências que podem gerar.
Células benignas: são bem diferenciadas.
Crescimento benigno: expansivo.
Neoplasia maligna: o câncer afeta parcela expressiva da população mundial e é uma das principais causas de morte.
Células malignas: podem ser diferenciadas, moderadamente diferenciadas e indiferenciadas.



Cicatrização por segunda intenção: ex - incisão sem sutura. No inicio há uma grande quantidade de fibrina e de restos necróticos: a reação inflamatória é mais intensa. Pode ocorrer contração da ferida.

Perda da inibição por contato: células normais em cultura multiplicam-se e locomovem-se em uma superfície até formarem uma monocamada.
Antracose: acontece por pigmentos inalados, como o carvão. Geralmente ocorre em fumantes.
Hipermia: aumento do fluxo sanguíneo, 2 cm. Dilatação arteriolar com aumento do fluxo sanguíneo local.
Congestão: aumento do fluxo sanguíneo, causada por obstrução extrínseca ou intrínseca de uma veia ou por redução do retorno venoso.
Isquemia: redução ou falta de suprimento sanguíneo.

Crescimento maligno: infiltrativo.
Aspectos morfológicos: tumores podem ser císticos ou sólidos.
Angiogênese: para garantir suprimento sanguíneo necessário ao seu crescimento, as células malignas induzem a formação de novos vasos sanguíneos.