Nao sei o que escrever

Clasificado en Biología

Escrito el en catalán con un tamaño de 5,59 KB

 

TRANSPORTE PASSIVO
DIFUSÃO PASSIVA:
ocorre quando duas soluções de concentrações diferentes são colocadas em contato.
As moléculas tendem a mover-se no sentido de igualar as concentrações. Na membrana plasmática isso ocorre graças a algumas proteínas possuírem um canal interno, canal aquoso, que permite a difusão de pequenas moléculas solúveis em água e também das próprias moléculas de água.
a) Difusão de um soluto, através da membrana; b) Penetração de moléculas de soluto para o interior da célula, até atingir a mesma concentração, dos dois lados da membrana e c) movimento de soluto através da membrana, ocorre com a mesma velocidade, em ambas as direções.
DIFUSÃO FACILITADA:não envolve gasto de energia pela célula. Algumas proteínas atuam facilitando a passagem de certas moléculas que, por difusão simples, demorariam muito tempo para atravessar a membrana.
Esse processo é comum no movimento de glicose, aminoácidos e vitaminas em alguns tipos celulares, podendo ser reversível.
A difusão facilitada se deve à presença de um transportador que se combina com o soluto penetrante, tem sido apoiada pela identificação de proteínas extraídas de membranas que se combinam especificamente com substâncias que penetram nas células por difusão facilitada.
OSMOSE: é a difusão através de membranas semipermeáveis, onde há passagem apenas do solvente do meio menos concentrado para o mais concentrado a fim de equilibrá-los.
Exemplo: quando uma hemácia, ou qualquer outra célula, encontra-se em um meio de mesma concentração que a de seu interior (isotônico), ela apresenta-se com aparência normal. Em meio mais concentrado (hipertônico), a célula perde água (murcha) e em meio hipotônico há entrada de água na célula, provocando aumento do seu volume, o que pode levar à ruptura da membrana plasmática.

TRANSPORTE ATIVOp
Movimentação de moléculas de soluto contra um gradiente de concentração.
O exemplo mais conhecido e estudado é o transporte dos íons Na+ e K+, através da membrana, contra um gradiente de concentração dos mesmos, conhecido como bomba de Na+/K+ que ocorre basicamente por três motivos
1) manutenção da alta concentração de K+ dentro da célula, importante na síntese de proteínas e na respiração celular.
2) manutenção do equilíbrio osmótico através do bombeamento de íons Na+ para fora da célula.
3) estabelecimento de diferença de cargas elétricas na membrana plasmática.
Uma enzima localizada na superfície interna da membrana (fosfatase), atua no ATP que é hidrolisado em ADP, fornecendo energia para o transporte ativo do Na+ e K+.
Pelo fato destes íons atravessarem normalmente a membrana celular, através do processo de difusão facilitada, auxiliados por uma proteína localizada na membrana, houve a necessidade da célula desenvolver um processo capaz de manter uma diferença de concentração entre eles.
A concentração maior de íons Na+ está no meio extracelular e a de íons K+ no meio intracelular, e é necessário que este estado se mantenha. A manutenção da concentração destes íons, dentro e fora da célula, ocorre por um processo ativo que foi denominado "Bomba de Sódio e Potássio".
TRANSPORTE EM QUANTIDADE

Este transporte em bloco é sempre acompanhado por alterações morfológicas da membrana plasmática. Quando ele vem do meio externo para o meio intracelular é chamado endocitose, e é feito por dois processos: denominados fagocitose e pinocitose. Os processos de fagocitose e pinocitose estão também relacionados com um mecanismo de defesa existente em muitos animais, realizado por células denominadas fagócitos.
FAGOCITOSE
: é o englobamento de partículas sólidas através da emissão de pseudópodes (pseudos, falso; podos, pés). Representa um mecanismo de defesa, através do qual células chamadas de fagocitárias, como alguns tipos de leucócitos no sangue e macrófagos no tecido conjuntivo e as células da micróglia no tecido nervoso, englobam e destroem partículas inertes e microrganismos invasores.

PINOCITOSE: É o processo de englobamento de gotículas de substâncias líquidas que são como que "sorvidas" por uma depressão da membrana, que se aprofunda e mergulha no citoplasma. A membrana se invagina formando um túbulo, visível apenas ao microscópio eletrônico. A substância líquida penetra no túbulo que, por estrangulamentos basais, origina os microvacúolos (pinossomos). É um dos principais mecanismos de entrada de água na célula.
Exocitose: É a transferência de macromoléculas em sentido inverso, isto é do citoplasma para o meio extracelular