Objetivo

Clasificado en Religión

Escrito el en español con un tamaño de 6,59 KB

 

Definição de Posicionamento: é o estudo radiológico das projeções e posições das extruturas para obtenção daimagem que auxilia o diagnóstico.

Objetivo do técnico: realizar a imagem com padrões radiológicos, afim de auxiliar o médico a exclarecer a diagnóse.

Incidência: é a entrada e saida dos raios x

Posições em relação ao filme: anterior: de frente para o filme. Posterior: de costa para o filme.

AP: Antero Posterior: de frente para o raio - PA: de costa para o raio.

1 incidência: Tórax e RUB ( Rim, Ureter e Bexiga) e abdomem simples.

2 incidências: ossos longos. Objetivo- Definir a superposição da imagem, exclarecer a profundidade da lesão, visualizar corpo estranho e alinhamento da fratura.

3 Incidências: quando há articulações na área de interesse ( AP, Perfil, e Oblíquas ).

Posição: Posterior, anterir, perfil e oblíqua( em relação ao filme ).

Projeção: AP, PA, e oblíqua ( em relação ao filme ).

Conclusão: todo AP é posterior, todo PA é anterior, Oblíqua posterior ( AP ), e oblíqua anterior (PA). OBS: na posição oblíqua a extrutura forma uma angulação de 45° em relação ao filme.

Todo perfil é esquerdo, ou seja, o lado esquerdo deve estar sempre mais próximo ao filme. quando o médico pede apenas perfil, faremos o esquerdo. o direito deve ser solicitado.

Rotina Minima basica (RMB) - Exames básicos

Rotina Complementar: Exames especiais

Rotina de estudo: Exames básicos e complementares.

Terminologia:

Axial: é o maior eixo longitudinal que o raio atravessa em uma extrutura. Exemplo: Axial de crânio, submeto vértice.

Tangencial: o raio não penetra na extrutura passa próximo a ela para atingir seu objetivo. Exemplo: Axial de patela.

Decúbitos: Dorsal: deitado sobre o dorso ( barriga pra cima)

Ventral: deitado sobre o ventre

Lateral: deitado sobre o lado.

Ortostática: Climostática: deitado

Ortostase: paciente de pé, ereto.

Perpendicular: toda vez que o raio se encontra com a mesa ou estativa formando um angulo de 90° ( o raio tem que estar sempre perpendicular ao filme )

Angular ( direção da angulação do raio) - Cefálico ou cranial: em direção ao crânio. Pedálico ou caudal: em direção aos pés.

Mesa bascular: Tredelemburg: é a posição onde a mesa bascular coloca o paciente com os pés acima da cabeça.

Fowler: O paciente com os pés abaixo do nível da cabeça em decúbito.

Posição de sim: Mais utilizado em exames contrastados onde exija o contraste via retal.

Distância: a distância padrão para as radiografias convencionais é de 1 metro. as teleradiografias são exames realizados apartir de 1,50 metros, já o torax é realizado na distância de 1,80 metros.

Pontos topográficos ou marco de reparo:  São extruturas ou acidentes anatômicos utilizados para direcionar a posição do raio central e o chassi.

Tórax

Numerador: acompanha a projeção sempre a direita do paciente, em ortostática fica na parte superior do chassi, e em decúbito fica na parte inferior do chassi.

Chassi:

Homem: 35x43 cm

Mulher: 35x36 cm

Biotipos: Hipoestênico: chassi transversal

Hiperstênico: chassi transversal

Estênico: chassi transversal

Astênico: Chassi Longitudinal;

Raio central (RC) - no meio da extrutura a nivel do T7

Pontos de reparo: C7 ( proeminente) borda superior do chassi a nivel da cartilagem tireoidea

Base das escápulas

indica a localização da t7 insidiremos o raio central. OBS: localiza-se T7 também a meio caminho entre a incisura Julgular e o apendice chifóide.

Na RMB quando realizamos 3 incidências?

R: quando a articulação na área de interesse

Definição de projeção:

R: é a entrada e saida dos raios.

Qual é a terminologia do exame em que o paciente em decúbito fica com os pés acima da cabeça?

R: TREDELEMBURG

Segundo o Bontrager, uma angulação o feixe apartir de 10° seria considerado?

R: Axial

Quando o paciente está obliquado com a parte direita encostada no filme em PA, afirmamos que é uma?

R: Oblíqua anterior direita ( OAD )

Em qual posição o raio central ficava em relação ao filme para não formar a imagem.

R: Paralelo ao filme.

No preparo para realização do exame, qual é o posicionamento que o técnico deve realizar em relação ao alinhamento?

R: colocar no meio da extrutura T7.

E´speciais de Tórax:

*AP de tórax em decúbito lateral Laurel: Posição do paciente: o paciente deve ficar posicionado lateralmente sobre a maca em relação ao raio na projeção AP em relação a estativa e na posição posterior. OBS: O Laurel é um decúbito lateral com raios horizontais.

 ( Raio central incide em T7 horizontalmente

Objetivos: vizualizar derrames pleural, visualizar pneumotorax.

No laurel quando um exame tem indicação de derrame pleural, o lado lesionado deve ficar para baixo, para melhor visualização de niveis formados por líquido. No caso de indicação de pneumotorax, o lado lesionado fica voltado para cima para melhor visualização de niveis formados pelo ar.

Principal Objetivo: visualizar niveis hidroaéreos.

Comparativa de tórax: essa incidência é utilizada para a visualização de pneumotórax.